Forrest Gump - O contador de histórias (filme)


Ficha Técnica
Título original: Forrest Gump
Elenco: Tom Hanks, Robin Wright Penn, Sally Field
Direção: Robert Zemeckis
Gênero: Comédia romântica
Estréia: 6 de Julho de 1994
Baseado na obra de Winston Groom
Duração: 142 minutos (2 horas e 24 minutos)
Indústria cinematográfica: Paramount Pictures
Classificação: 4/5



Já estava desejando assistir a este longa faz um tempinho, até porque este é mais um dos considerados "clássicos" do cinema, mas são tantos para assistir que nem sabia por onde começar. 

Este é um filme diferente, narrado pelo próprio personagem principal, que se direciona tanto para os espectadores do longa quanto às pessoas que se sentam ao seu lado, em um ponto de ônibus. O protagonista é, literalmente, retardado. Logo no começo é apresentada as suas características e, consequentemente, o seu baixo QI em relação aos outros de sua idade. 
Uma das coisas que me chamou atenção também, por mais "banal" que seja, foi o modo como o mesmo se apresenta para todos, que pareceu se tornar marcante pra mim. Sabe, como a fala do famoso agente "Bond. James Bond", quando ele fala "I'm Forrest. Forrest Gump"*, talvez até por ser um nome "diferente" e o modo como soa quando dito. 
* "Eu sou Forrest. Forrest Gump".
Devo dar destaque também ao modo como se conseguiu envolver o personagem em alguns momentos históricos, interligando-os de diferentes formas. Forrest é único, característico. Ele realmente é uma pessoa com dificuldade de acompanhar o ritmo das outras, não tendo noção, por vezes, até mesmo do ridículo, mas com um coração muito bom, que não tem maldade dentro de si. Acredito que esta é uma das inúmeras belas mensagens que o longa passa ao espectador, de maneira inexplícita, com o famoso pensamento de que receberá em dobro tudo aquilo que oferece a outrem. 
Este é um filme que trata sobre o amor de diferentes formas. Desde o começo me intrigou bastante a cena em que a mãe de Gump, para conseguir que o seu filho tenha uma vida normal, que frequente uma escola de pessoas "normais", chega até mesmo a deitar-se com o diretor do colégio, o que para uma mulher religiosa como a personagem gera estranheza. E então também é mostrado o sentimento que Forrest nutri por Jenny. Puro, verdadeiro, cauteloso. 
Já ela, imagino eu, devido a sua árdua convivência com o seu pai e a subordinação prestada a outros homens, parece ter medo de entregar-se ao seu amigo de infância, com medo, talvez, de se decepcionar com aquele único que lhe trata bem, o que gera a mobilidade da trama. 
Este é um longa carregado de metáforas e ironias, sendo Forrest apresentado já no começo como um descendente de um dos integrantes do Ku Klux Klan (KKK) - organizações racistas radicais estadunidenses - e que, mais tarde, se torna melhor amigo de um homem negro. 
Gostaria de destacar aqui alguns pontos também. Primeiro, é feita uma crítica ao modo como pessoas com limitações mentais são vistas (e tratadas!) pela sociedade no geral e achei isto bastante interessante. Afinal, vivemos em um mundo onde todos andam em busca da perfeição, sendo esta considerada por via de um modelo padrão do modo como cada um deve ser, agir e pensar. É muito mais fácil julgar o próximo do que aceitá-lo e até mesmo elogia-lo por algo que fez de bom. 
O filme traz um personagem totalmente fora da padronização que é imposta, exibe o modo como é visto e tratado por outros e, apesar das dificuldades, este consegue superá-las de maneira inesperada - levando-o até mesmo a se questionar se os acontecimentos foram obras do destino, assim como sua mãe diz acreditar, ou de forma aleatória, uma obra do acaso, como diz o Tenente Dan. 


INÍCIO DOS SPOILERS
Apesar do personagem declarar que corre sem obter um objetivo específico, penso que este corria sempre que tinha medo de algo. Ele correu quando os seus colegas estavam atrás dele, assim como foi na Guerra do Vietnã e quando foi abandonado por Jenny. 
Após assistir ao filme e fazer umas pesquisas, percebi que essas corridas realizadas por Forrest, atravessando os Estados Unidos, se tornou uma inspiração para vários corredores da vida real. E a frase que fôra dita diversas vezes por Jenny "Run, Forrest, Run" se tornou mais um "incentivo" no mundo da corrida (como por exemplo, o "No pain, no gain" para o halterofilismo - levantamento de peso/malhação). Então, achei esta reportagem que julguei interessante, por se tratar de um homem que, sobre influências do personagem fictício, utilizou desta ação para uma boa causa (clique aqui para ler).
Uma das cenas que mais me tocou foi quando Gump recebe a notícia que o mini-Forrest é seu filho, e logo em seguida pergunta se ele é inteligente. Imagino que ele temia que o menino fosse como ele para que não sofresse também. As pessoas normalmente enxergam nas crianças uma esperança para a vida que elas não tiveram, uma melhor. 
FIM DOS SPOILERS

Não é atoa que o filme é tão bem conhecido e admirado até hoje. Existem, é claro, aquelas pessoas que não irão gostar, assim como alguns personagens simplesmente se cansaram de escutar a estória contada por um cara, "bobão", sentado em um ponto de ônibus com uma maleta. O filme me fez rir, chorar e me emocionar. Forrest possui um coração bondoso, sincero. Não vê a maldade do mundo. Ele pode não saber muito sobre as coisas, mas tem uma em específica que ele sabe: sobre o amor. 


Comentários

O Livro de Hoje disse…
Parece ser um filme muito fofo,divertido! *-* e lindo.
Anônimo disse…
Que bom que seguiu minha sugestão e assistiu ao filme Forrest Gump. Pelo visto, assim como eu, também gostou do Filme. O comentário esta muito bom. Parabens
Anna F disse…
E realmente é *-* haha
Anna F disse…
Muito obrigada! (: Pode sugerir sempre, prometo tentar conseguir assistir todos! kk *-*
Isabela Castro disse…
esse filme eh mto lindo, ele faz tudo com uma pureza incrivel, jah vi ele varias vezes *---* seguindo!
http://coisasdebelaa.blogspot.com.br/
Anna F disse…
É realmente maravilhoso! Seja bem-vinda, flor! (:
Angélica disse…
Esse filme é demais ! simplesmente emocionante ! *-----------------------------------*'
Angélica disse…
Esse filme é fantástico ! e Muito emocionante ! ^^'

Postagens mais visitadas