A vida secreta das abelhas (filme)

Ficha Técnica
Título original: The secret life of bees
Elenco: Dakota Fenning, Queen Latifah, Jennifer Hudson, Alicia Keys
Direção: Gina Prince-Bythewood
Gênero: Drama; Comédia
Estréia: 5 de Setembro de 2008
Baseado na obra de Sue Monk Kidd
Duração: 110 minutos (1 hora e 50 minutos)
Indústria Cinematográfica: 20th Century Fox
Classificação: 4/5
Recordo-me de que assisti este filme em um dia pela tarde, em plena sexta-feira (quando ainda não fazia provas no sábado) enquanto chovia do lado de fora. Me cobri com o meu edredom e preparei um chocolate quente e enquanto fazia isso não imaginava que o filme que aleatoriamente fosse escolher em um canal de filmes da tv fechada fosse me comover tanto. 

Imagino o quanto a autora do livro (no qual o filme foi baseado) foi criativa. Se trata de uma estória que se passa no ano de 1960, no auge do racismo nos Estados Unidos, onde uma garota de 14 anos, interpretada por nossa maravilhosa Dakota Fenning (Grande menina, Pequena Mulher; Baby; dentre outros filmes) decide sair em direção a Carolina do Sul com a sua babá e amiga negra devido a uma pista de que a sua mãe (a quem se considera culpada pela morte) morou lá quando criança. Chegando lá irá descobrir que em uma linda casa rosa vivem irmãs com nomes de mês (sim, do tipo May - Maio em inglês e August - Agosto). Gostei muito do longa, uma estória inédita e emocionante, que deixa uma mensagem muito bonita. Nos mostra como as vezes é difícil conseguirmos superar todas as dores que guardamos dentro de nós e o fato de que sempre devemos seguir, mesmo que por caminhos tortos. Lutar pela descoberta de quem realmente somos: do nosso passado, da nossa própria aceitação. 
A visão de diferentes mulheres americanas, cada uma com seu jeito de ser assim como cada mês do ano e os seus signos mas que mesmo sendo extremamente diferentes uma das outras, há algo que as interligam. O filme também envolve a religião e por várias vezes cheguei a me arrepiar (mesmo sendo ficção). Achei incrível a visão da Nossa Senhora de forma negra, em madeira. O modo como ela pode ser comparada a nossa eterna abelha rainha e nós às suas pequenas abelhas. "Dê amor às abelhas. Toda criatura viva quer ser amada".

Comentários

Gabriela A. disse…
Adorei a dica! Vou ver se consigo assistir no feriadão!

Beijos,
http://pitadadecultura.blogspot.com.br/
Danielle Peres disse…
Que elenco viu?!
http://filhadrei.blogspot.com.br/
Anna F disse…
Assista mesmo, Gabriela, é um filme excelente!
Anna F disse…
E Dani, esse elenco realmente é fantástico (: Eu sou louca principalmente pela Dakota, acho que ela sempre será a minha grande menina haha :D
Beijos garotas,
Anna.

Postagens mais visitadas